Notícia

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Inovação
Quinta, 15 Agosto 2019 19:36

Secti leva oficinas de iniciação à robótica a Grota do Grutão nesta sexta-feira Destaque

Ação tem o objetivo de levar tecnologia e inovação às comunidades mais carentes do Estado

Compartilhe:

  • Facebook
  • Twitter
  • Whatsapp
  • Google +
Atividades despertam interesse pela pesquisa e pela ciência e trabalham a criatividade, competitividade, consciência ecológica, além da socialização Atividades despertam interesse pela pesquisa e pela ciência e trabalham a criatividade, competitividade, consciência ecológica, além da socialização Ascom Secti
Texto de Geysa Miranda

A Secretaria da Ciência, da Tecnologia e da Inovação (Secti) vem realizando ações durante esse mês de agosto nas grotas de Maceió, com o objetivo de fazer chegar às comunidades mais carentes a tecnologia e a inovação, por meio das oficinas de iniciação à robótica, a ExpoSecti. Nesta sexta-feira (16) é a vez da Grota do Grutão, no bairro de Gruta de Lourdes.

As atividades acontecem das 10h às 12h e permitem que crianças de 6 a 13 anos construam protótipos robóticos em forma de carro, utilizando resíduos sólidos reutilizáveis, fazendo com que esses jovens desenvolvam interesse pela pesquisa e pela ciência e despertem a criatividade, competitividade, consciência ecológica, além da socialização.

A próxima ação também já tem data marcada e será no dia 23 deste mês, na Grota Senhor do Bonfim, no bairro de Chã da Jaqueira.

e100c529 18f8 40a1 8b30 37659b885d92

Grota das Piabas

Centenas de crianças participaram das oficinas de iniciação à robótica na Grota das Piabas, no bairro do jacintinho, na última sexta-feira (9). Foram abordadas noções de matemática e desenvolvimento sustentável de forma lúdica e simples, utilizando da prática na construção de protótipos robóticos.

Jean Rodrigues 2

O pequeno Jean Rodrigues, 8 anos, estudante e morador da comunidade ficou encantado com o que aprendeu e disse que passará o aprendizado para os seus colegas.

“Foi muito bacana poder participar, estou ansioso para ensinar aos meus amigos que não puderam participar”, disse Jean.

Já a jovem Yarithssa Silva Ramos, 16 anos, estudante da escola Estadual Professora Miran Marroquim, afirmou que “foi um grande incentivo para a comunidade que não tem a oportunidade de viver isso todos os dias”.